Índia tem o menor custo de energia renovável da Ásia-Pacífico

Índia tem o menor custo de energia renovável da Ásia-Pacífico

A Índia emergiu como o mercado líder em custo de energia renovável na região da Ásia-Pacífico, segundo a nova pesquisa do Wood Mackenzie.

O custo do megawatt hora produzido por energia solar fotovoltaica caiu este ano para 38 dólares americanos, 14% mais barato que a geração de energia por carvão, tradicionalmente a fonte mais barata de energia.

A capacidade de energia solar fotovoltaica instalada na Índia este ano deve chegar a 38 GW. Muito mais do que a capacidade atual do Brasil de 2,3 GW.

Ainda no Pacífico, perto da Índia, a Austrália verá o preço da energia produzida pelo sol ser mais barata que o carvão em 2020. Atualmente o valor já é menor que se comparado a geração por gás. O custo da eletricidade produzida pela energia solar caiu 42% nos últimos três anos e alcançará o valor de 48 dólares americanos por megawatt hora em 2020.

O custo médio de toda a região Ásia-Pacífico para eletricidade proveniente de fonte eólica e solar ainda é 29% maior do que a energia a carvão. A Wood Mackenzie prevê que até 2027 essa diferença desapareça e assim a competição entre renováveis e carvão fique mais acirrada.

Em 2030, a energia renovável será 17% mais barata que a energia proveniente do carvão, na média da região.

O setor de energia está passando por uma revolução que está diminuindo cada dia o preço das energias renováveis. Logo os preços atuais cairão ainda mais e criarão maiores oportunidades para que existam disrupções no setor energético.

Veja mais em nosso Blog:

Deixe um comentário