As mudanças tecnológicas e climáticas dos últimos anos impuseram novos desafios para o setor agrícola. A agricultura solar é um novo conceito que busca auxiliar os agricultores a enfrentar os novos desafios e incertezas do futuro.

A vida no campo sempre foi árdua e com muitos desafios. Atualmente, mais do que nunca surgem novos desafios a serem enfrentados pelos agricultores e por toda sociedade como um todo. Os avanços tecnológicos e a rápida globalização acrescentaram provações adicionais a existência dos agricultores.

Entretanto, não se pode negar que os avanços tecnológicos também trouxeram muitas vantagens para a vida na fazenda. Portanto, mesmo que novos obstáculos estejam ameaçando a permanência dos agricultores no campo, também existe a promessa de novas tecnologias que ajudarão para aumentar a renda na zona rural. A energia solar é uma parte essencial dessa nova dinâmica.

A Evolução da Agricultura

Primeiramente, nos tempos de agricultura não mecanizada demandava-se grande número de trabalhadores para os trabalhos no campo. Com a revolução industrial, aumentou-se a eficiência da agricultura, mas às custas da mão de obra.

Ao mesmo tempo, a demanda por exportações também mudou. No passado, os produtos eram produzidos e consumidos localmente. Dificilmente produtos agrícolas brasileiros chegariam aos outros continentes.

Hoje, apesar dos problemas enfrentados com pandemias por exemplo, os produtos agrícolas continuam sendo trocados globalmente com uma facilidade jamais vista. Porém, isso também exerce uma maior pressão sobre os agricultores, devido a maior competitividade.

Atualmente, muitos se beneficiam da nova agricultura. Fazendas que produzem alimentos “limpos e verdes”, por exemplo, têm um grande mercado internacional para exportação, pois a demanda por este tipo de produto cresce dia após dia. Mas para quem vende produtos agrícolas normais está cada dia mais difícil de manter o lucro que se obtinha no passado.

Sendo assim, muitos agricultores desistem da vida do campo e acabam optando por um emprego na cidade. Trocando a tranquilidade do campo por um salário, já que continuar no campo não parece ter garantia de crescimento de lucros.

Nos próximos anos, espera-se um cenário ainda mais desafiador para a agricultura. Mudanças climáticas são esperadas o que pode causar ainda mais instabilidade no rendimento das colheitas. A sobrevivência da agricultura como uma carreira viável e um modelo econômico tem crescente urgência. Nesse ponto a energia solar se apresenta como um elemento muito importante para o futuro.

Agricultura solar

A agricultura solar chamada de agrivoltaica ou agrofotovoltaica, é um novo conceito que busca tornar mais eficiente a utilização das terras agrícolas por meio da combinação da produção de energia e criação de culturas animais ou vegetais.

Criação de asnos em conjunto com a energia solar. Agricultura Solar.
Criação de asnos em conjunto com a energia solar. Fonte: SolarMagazine.

De fato, um estudo do Instituto Fraunhofer da Alemanha, mostrou que operações experimentais com agricultura solar feitas na região do lago Constança (região na fronteira entre Alemanha e Suíça) aumentaram a produtividade agrícola em 160% quando comparadas a uma produção agrícola sem uso de energia solar.

Testes já foram feitos em diversos locais do mundo e resultados impressionantes foram obtidos para diversos produtos plantados em sinergia com a energia solar fotovoltaica. Alguns exemplos são: trigo, feijão, batata doce, couve, tomate, acelga.

As plantações não apenas crescem de maneira bem sucedida com essa configuração, mas também podem prolongar sua estação de crescimento, proporcionando calor adicional no inverno e climas mais frios no verão.

Outro estudo na região de Maharashtra, na Índia, encontrou rendimentos de culturas até 40% maiores, graças a evaporação reduzida e sombreamento extra fornecido por uma instalação de agricultura solar.

Criação de animais e energia solar

Projetos também estão sendo desenvolvidos com a criação de culturas animais junto a energia solar, especialmente com ovelhas. O gado é grande demais e corre risco de danificar os painéis, porém as ovelhas são perfeitas para manter a grama entre os painéis.

Tom Warren, um criador de ovelhas da cidade de Dubbo, na Austrália, diz que a condensação pingando nos painéis dispostos em 55 hectares de sua fazenda forneceram uma fonte de umidade jamais vista anteriormente.

Segundo o Senhor Warren, durante a seca, todo mundo por lá estava alimentando ovelhas à mão, enquanto as suas ovelhas estavam pastando em fileiras. Houve apenas a necessidade de alimentar as ovelhas por cerca de três meses.

Exemplo de agricultura solar na criação de ovelhas. Energia solar.
Exemplo de agricultura solar na criação de ovelhas. Fonte: QualEnergia.

O vice-primeiro ministro e líder Nacional Australiano afirmou em seu pronunciamento “A capacidade de um proprietário de ter uma fazenda solar ou de turbinas eólicas… lhe dá renda extra agrícola. Isso significa que você pode proteger as regiões do futuro.”

Nos Estados Unidos da América não é muito diferente. À medida que a energia solar cresce, as fazendas solares estão tomando conta das paisagens rurais do país.

Charles Gould, um educador de energia da Universidade Estadual de Michigan (MSU), diz que os agricultores podem complementar os usos mais tradicionais da terra.

“Uma das coisas que realmente estamos tentando incentivar é a criação de animais – especialmente ovelhas – sob essas matrizes solares”, diz ele.

Ele diz que é uma vantagem para os desenvolvedores de ovinos e solares. Os próprios painéis criam sombra que pode manter as ovelhas frescas nos dias quentes de verão, e os animais que pastam comem a vegetação – reduzindo a necessidade de cortar a grama.

Gould diz que os agricultores também podem considerar o uso da terra sob os painéis solares para criar um jardim polinizador.

“Na verdade, existe uma grande variedade de plantas que podemos colocar para apoiar insetos polinizadores de crescimento baixo, raízes profundas, que mantêm o solo no lugar e que são agradáveis ​​de se olhar”, diz ele.

Ele diz que, se localizados perto de um pomar ou campo de mirtilo, esses jardins podem ajudar a atrair os insetos necessários para polinizar essas culturas.

Por fim, Gould diz que não há necessidade de escolher entre cultivar alimentos e cultivar energia solar. Terrenos bem administrados podem fazer as duas coisas.

Mudanças muito desafiadoras prometem aparecer nos próximos anos, inclusive na agricultura. Apesar dessas mudanças, existem diversas soluções que podem ajudar os agricultores a obterem uma renda adicional para continuarem nos suas fazendas tão adoradas.

A energia solar sozinha não pode salvar a indústria agrícola moderna – mas certamente pode ser uma ferramenta poderosa para ajudar a construir um novo capítulo forte para agricultura no futuro.


1 comentário

José Olímpio · 1 de julho de 2020 às 09:48

Sou criador de ovelhas aqui no interior do parana quero instalar os painéis como faço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.